Ibope: Dilma venceria no 1º turno

Ibope: para dirigente da Rede o instituto de pesquisa sempre erra. “Errou em 2010. Pode estar errado de novo”, comentou.

Eleições 2014

Ibope: Dilma venceria no 1º turno

Fonte: O Globo

Dilma venceria no 1º turno contra Campos e Aécio

Segundo Ibope, no cenário mais provável, presidente tem com 41% dos votos, contra 14% de senador tucano e 10% de socialista

A presidente Dilma Rousseff venceria no primeiro turno as eleições presidenciais do ano que vem se fossem realizadas hoje no cenário mais provável da disputa, contra o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), e o senador Aécio Neves (PSDBMG). A conclusão é da última pesquisa Ibope, divulgada ontem pela Rede Globo e pelo jornal “O Estado de S. Paulo”. O único cenário no qual a presidente não supera a soma dos adversários é quando se repete a disputa eleitoral de 2010, quando a petista enfrentou Marina Silva e José Serra.

Nesse embate, a presidente teria 39%, Marina teria 21%, e Serra 16%. A soma dos percentuais dos dois candidatos é de 37%. Há empate técnico, já que a margem de erro é de dois pontos percentuais.

Contra Aécio, do PSDB, e Eduardo Campos, do PSB, a petista teria 41% das intenções de voto, seguida pelo tucano, com 14%, e pelo socialista, com 10%. Caso Marina Silva fosse a candidata do PSB, a presidente também venceria no primeiro turno: a petista teria 39%, a ex-senadora pontuaria 21%, e o tucano ficaria com 13%.

A pesquisa também traz o cenário no qual Serra substituiria Aécio como candidato do PSDB. Nessas condições, Dilma teria 40%, Serra, 18%, e Campos, 10%.

Se a disputa eleitoral for para o segundo turno, a presidente é favorita em todos os cenários. Contra Aécio, Dilma teria 47%, e o tucano, 19%. Na disputa contra Marina, a presidente pontuaria 42%, e a ex-senadora ficaria com 29%, e, no embate contra Campos, a petista teria 45%, e o governador de Pernambuco ficaria com 18%. O Ibope não mostra a evolução dos candidatos, pois é a primeira vez que pesquisa cenários com Campos e Aécio, sem Marina.

38% TÊM AVALIAÇÃO POSITIVA DE DILMA
A pesquisa também perguntou aos entrevistados sobre a avaliação deles em relação ao governo federal. A administração é considerada ótima ou boa para 38%, regular para 35% e ruim ou péssima para 26%. Ao todo, 53% disseram que aprovam a maneira como a presidente tem gerido o país, contra 42% que desaprovam. A sondagem ouviu 2.002 eleitores, em 143 municípios, entre os dias 17 e 21 de outubro.

Um dos principais aliados de Marina, o coordenador da Rede, Pedro Ivo, minimizou os números da pesquisa.

– O Ibope sempre erra. Errou em 2010 (sobre a previsão de votação de Marina). Pode estar errado de novo.

O líder do PSB na Câmara, Beto Albuquerque (RS), diz que o resultado do levantamento foi positivo para Campos.

– A pesquisa mostra que a Dilma bateu no teto de 40%. Isso indica que há uma insatisfação do eleitor. O presidente do PT, Rui Falcão, considerou os números animadores.

– A pesquisa de hoje é animadora, muito embora pesquisa reflita o momento, e não pode nos levar ao salto alto e a subestimar os adversários, que são poderosos e têm apoio da grande mídia monopolizada – disse Falcão. Em nota, o senador Aécio Neves afirmou que o resultado repete outros dados do quadro pré-eleitoral.

– O fato relevante é que a avaliação positiva do governo é de apenas 38%. Um fraco desempenho frente ao enorme esforço da propaganda oficial. Já José Serra, na Bahia, abriu um sorriso ao tomar conhecimento da pesquisa, mas disse que não comentaria os números.

Comente e publique no Facebook

comentários

0 Comentários… add one

Comente

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
Your SEO optimized title page contents