Aécio CunhaAécio NevesAécio Neves: choque de gestãoPolítica

Governo Aécio Neves entregou 97 casas populares em São Sebastião do Oeste

O Governo Aécio Neves entregou, nessa terça-feira (29), 97 casas que integram o Conjunto Habitacional Divino Espírito Santo, em São Sebastião do Oeste, no Centro-Oeste do Estado. A obra foi realizada pela Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab/MG) como parte do programa Lares Geraes – Habitação Popular.

A cerimônia de inauguração do conjunto habitacional contou com a presença do diretor de Habitação da Cohab/MG, Mauro Brito. Ele descerrou a faixa do marco comemorativo ao lado do prefeito Belarmino Luciano Leite e de outras autoridades, quando ressaltou que somente graças ao subsídio oferecido pelo Governo de Minas é possível às famílias de baixa renda adquirirem seus imóveis.

Com essa inauguração, a última de conjuntos que o Governo de Minas promove em 2009, somam 21.500 as unidades habitacionais de interesse social entregues aos seus proprietários desde a implantação do programa, em 2005. No empreendimento de São Sebastião do Oeste foram investidos R$ 2.364.963,00.

Preferência à mulher

Dos 97 titulares de financiamento, 33 são mulheres chefes de família, o que corresponde a 34% do total. Elas tiveram preferência no processo de seleção dos candidatos à casa própria, obtendo pontuação maior que a de todas as demais categorias socioeconômicas. Idosos e portadores de deficiência física também têm tratamento preferencial.

A costureira autônoma Deborah Ferreira Bernardes, 27 anos, foi uma das 33 mulheres chefes de família beneficiada com uma casa no Conjunto Habitacional Divino Espírito Santo. Solteira, mãe da menina Júlia, de 5 anos, ela trabalha em casa para conseguir a cota de produção de 250 golas de camisa por dia.

“Somente quem paga aluguel é que sabe a dificuldade. Muitas vezes deixei de comprar o essencial para manter o aluguel em dia”, confessa Deborah. Embora viva na zona rural, Deborah há cinco anos paga R$ 250,00 de aluguel pela casa onde mora, “um dinheiro que não volta mais”.

Mas vai pagar pelo imóvel que é seu uma prestação menor que a metade do aluguel. Não é a única vantagem de ter uma casa própria. “Agora vou ficar a 500 metros do Centro da cidade,” comemora. A localização vai facilitar também a ida de Júlia à escola.

Comente e publique no Facebook

Comentário(s)

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous post

2009: Aécio Neves investiu R$ 2 bilhões em obras de infraestrutura em Minas

Next post

Cemig na gestão de Aécio Neves já é a maior acionista da Light