PolíticaPolítica Pública

CNI/Ibope: População reprova gestão do Governo Lula na Segurança, também cresce reprovação em relação à Saúde e Educação

Avaliação de ações não segue a de Lula

Fonte: Agência O Globo

Embora a aprovação do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva tenha voltado a subir em dezembro, a nova pesquisa CNI/Ibope detectou alta no número de brasileiros que reprovam a gestão petista em setores estratégicos como educação, saúde e segurança pública. Nos últimos três meses, o percentual de entrevistados que classificam o governo como bom ou ótimo cresceu de 69% para 72%. No entanto, os números revelam piora na avaliação de áreas que os entrevistados consideram prioritárias para a sociedade a partir de 2010.

A pior avaliação do governo foi registrada na área da segurança.

O percentual de brasileiros que reprovam a atuação federal no setor subiu de 56% para 59%. Já a parcela dos que aprovam caiu de 42% para 38%.

Na mesma pesquisa, a segurança foi o item mais citado (52%) numa lista de temas prioritários para o ano que vem.

O levantamento também constatou piora na avaliação das políticas federais para a área social. A atuação do governo no combate à fome e à pobreza era aprovada por 68% em setembro. Em dezembro, o índice caiu para 60%. O percentual de reprovação subiu de 30% para 37% no mesmo período.

Na educação, a aprovação do governo caiu de 59% para 54%, e a reprovação subiu de 39% para 43%. A rodada anterior da pesquisa havia sido realizada antes do vazamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), noticiado em 1ode outubro. Na saúde, o índice de aprovação do governo caiu de 44% para 41%. Já o percentual de insatisfeitos subiu de 54% para 57%. No setor de meio ambiente, a aprovação caiu de 61% para 58%, e a reprovação passou de 33% para 37%.

Avaliação melhora no combate ao desemprego A nova pesquisa CNI/Ibope também registrou melhora na avaliação de alguns itens do governo. O principal foi o combate ao desemprego: a aprovação subiu de 55% para 57%, melhor índice desde o fim do ano passado. Já a reprovação caiu de 42% para 40%.

De acordo com o levantamento, divulgado anteontem, a popularidade do presidente Lula subiu de 81% para 83%.

Popularidade do presidente sobe, mas aprovação de políticas sociais tem declínio

Comente e publique no Facebook

Comentário(s)

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous post

Charge da CBN: A tentativa de casamento entre Aécio Neves e José Serra com a social democracia brasileira

Next post

Aécio Neves libera mais de R$ 100 milhões para projetos ambientais: dinheiro será aplicado em programas de proteção, recuperação e educação