Política

Carta de Goiânia: juventude tucana defende que corrupção seja classificada como crime hediondo

Contra a corrupção

Fonte: O Globo

PSDB Jovem: corrupção como crime hediondo

Em carta, juventude tucana pede também a realização de prévias

BRASÍLIA. Reunidos em Goiânia, no Encontro da Juventude  Tucana, os jovens militantes do PSDB compilaram suas principais ideias na “Carta de Goiânia”, divulgada ontem. O grupo quer transformar a corrupção em crime hediondo para que os corruptos sejam julgados com mais agilidade e rigor. Outras reivindicações listadas no documento são o fim do serviço militar obrigatório e a redução da maioridade penal de 18 para 16 anos.

A carta prevê também a realização de prévias no partido, para a definição de candidaturas majoritárias. Esse foi um dos principais temas tratados durante o encontro, que foi encerrado ontem e contou com a participação dos dois potenciais pré-candidatos tucanos à Presidência da República: Aécio Neves e José Serra.

Segundo o partido, todos os candidatos apoiados pela juventude tucana terão de se comprometer com o conteúdo da carta.

Os jovens também sugerem que a meia-entrada a que estudantes têm direito em eventos esportivos e culturais seja ampliada até os 24 anos, independentemente de os beneficiados serem estudantes ou não.

Comente e publique no Facebook

Comentário(s)

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous post

Carta de Goiânia: Congresso de jovens tucanos defende realização de prévias para eleições majoritárias do PSDB

Next post

"Privataria Tucana": Merval Pereira classifica livro de Amaury como ficção e diz que obra 'tem pouca credibilidade' por fazer propaganda do PT