Aécio CunhaAécio NevesAécio Neves: choque de gestãoPolítica

Aécio Neves defende na Firjan eficiência da gestão para melhorar indicadores sociais

O governador Aécio Neves participou, nesta segunda-feira (14) da reunião de encerramento do ano da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), na capital fluminense. Ao discursar para 400 empresários, o governador fez uma defesa da gestão pública de qualidade como item importante na agenda nacional de 2010. Ele apresentou os resultados obtidos nos sete anos à frente do Governo de Minas Gerais para mostrar a importância das boas práticas de gestão para a melhoria dos indicadores sociais.

“Minas viveu uma revolução e saltamos dos indicadores preocupantes de seis anos atrás para ser reconhecido como o estado brasileiro que mais cresceu e que melhores indicadores sociais apresentou. Não há nenhuma ação de maior alcance social do que gastar de maneira correta, com acompanhamento e com transparência”, afirmou Aécio Neves, em seu pronunciamento.

O governador ressaltou que os bons resultados têm sido obtidos em função do equilíbrio financeiro, saindo de um déficit de R$ 2,4 bilhões em 2003 para investimentos de mais de R$ 10 bilhões com recursos próprios em 2009. Ele também citou alguns programas de infraestrutura do Governo de Minas que apresentaram, como consequência, melhorias nos indicadores sociais. Entre eles, o Proacesso, que levará ligação asfáltica a todos os municípios mineiros; o programa Minas Comunica que possibilitou acesso à telefone celular em 100% das cidades e a criação da Copanor, empresa de saneamento básico que oferece tarifas reduzidas a consumidores das regiões Norte e dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri.

“Temos agora todos os 853 municípios mineiros ligados por asfalto e antes eram 225 sem ligação asfáltica; e todos eles têm acesso à telefonia celular. Temos o maior programa de saneamento básico já realizado na história do nosso Estado, principalmente nas regiões mais pobres, como os Vales do Jequitinhonha, o Mucuri e o Norte de Minas. Encontrávamos antes indicadores de pobreza muito próximos àquele que encontramos no Nordeste. Hoje, as várias Minas de Guimarães Rosa se aproximaram e temos na região mais pobre do Estado os mesmos indicadores de mortalidade infantil e de desnutrição que encontramos na Minas mais rica”, destacou.

O governador também destacou que para que Minas Gerais e o restante do Brasil tenham condições de continuar crescendo, com avanços sociais, é preciso uma convergência política para a aprovação das reformas estruturais.

Parceria

Durante o encontro na Firjan, foi prestada uma homenagem especial ao presidente da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), Robson Andrade. Em seu discurso, Robson destacou a importante parceria firmada em Minas Gerais nos últimos anos entre o Governo do Estado e a iniciativa privada. “Todas as propostas levadas ao governo, mesmo que não tenham sido atendidas, sempre eram discutidas e tinham seu impacto analisado. Por isso, foi possível firmar uma parceria, mesmo em questões difíceis como as tributárias e as ambientais”, afirmou.

Robson Andrade também destacou a importante atuação do Governo de Minas para garantir infraestrutura para o desenvolvimento do Estado. “Isso se refletiu em investimentos recordes que serão feitos nos próximos anos e que vão mudar o perfil da economia mineira com a implantação, por exemplo, de indústrias químicas e de linha branca que o Estado ainda não possui”, destacou.

Aécio Neves foi recebido na Firjan pelo presidente da entidade, Eugênio Gouveia Vieira, que destacou a administração do governador em Minas como símbolo de modernidade e gestão pública eficiente.

Entre os presentes à reunião, estavam o presidente nacional do PP, senador Francisco Dorneles, o presidente da Associação Comercial do Rio de Janeiro, José Luiz Alquéres, o secretário de Estado de Transporte do Rio de Janeiro, Júlio Lopes, e o ex-ministro de Relações Exteriores Luiz Felipe Lampreia.

Comente e publique no Facebook

Comentário(s)

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous post

Da série rir para não chorar - Gafe de Dilma Roussef em Copenhangen: "... o Meio Ambiente é uma ameaça para o futuro do nosso Planeta..." (sic)

Next post

O Globo - "Aécio Neves: Lula e PT acham que fundaram o Brasil"