Política

Ação de marketing: foto de Lula raspando a barba poder ser viral da Procter & Gamble, dona da Gillette, para a divulgação do Prestobarba

Marketing, oportunismo, oportunidade

Foto de Lula raspando a barba pode ser viral da Procter & Gamble, dona da marca Gillette, para a divulgação do Prestobarba

A foto de “família” do ex-presidente Lula tendo a barba raspada por sua mulher Marisa Letícia, usando um aparelho “Prestobarba”, indica que podem ser verdadeiras as informações de que a gigante dos cosméticos Procter & Gamble, empresa dona da marca Gillette, estaria disposta a pagar cerca de um milhão de reais pela cena.

A Procter & Gamble chegou a emitir uma nota oficial, no último dia 12/11, em que negava a estratégia de incluir o ex-presidente entre os seus garotos-propaganda, mas o resultado da ação é inegável e recebeu divulgação por parte da própria assessoria do Instituto Lula, que gere as suas apresentações em eventos e palestras.

Esta seria apenas mais uma das ações empresariais adotadas por Lula depois da presidência, em palestras milionárias e que vetam, por contrato, a presença de jornalistas. O que, por sinal, já são o bastante para classificá-lo como lobista de empreiteiras como a OAS e ODEBRECHT. O ex-presidente praticamente só viaja dentro do Brasil e no exterior em jatos executivos e se hospeda em suites imperiais, as mais luxuosas.

Mesmo fora do cargo, o ex-presidente Lula conta com diversas despesas pagas pela União por representar a presidência da República e o país, como motoristas, seguranças, secretária e assessores pessoais.

Por isso mesmo, em suas ações o mínimo que se pode esperar do ex-presidente é discrição e comportamento ético em suas relações empresariais.

Comente e publique no Facebook

Comentário(s)

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous post

Brasil ainda é um país desigual - 2º IBGE os 10% mais ricos têm renda média mensal 39 vezes maior do que os 10% mais pobres

Next post

Aécio Neves larga na frente para as eleições 2014, senador é favorito para Governo de Minas e lidera corrida para presidência no estado